REFORMA ADMINISTRATIVA: Sindicatos protocolam requerimento conjunto e pedem a rejeição do projeto na ALE-RO

Cinco sindicatos representativos do servidor público estadual protocolaram na manhã desta segunda-feira 23 um Requerimento conjunto na Assembleia Legislativa pedindo a rejeição dos projetos governamentais  que tratam da reforma administrativa do Governo de Rondônia. 
 
Os sindicatos são contrários principalmente ao teor dos artigos 6º, 32º, 47º, 48º e 52º que prevê mudanças consideradas nocivas ao servidor público estadual como alteração  de nomenclatura, extinção de cargos e até demissão de servidores, sem a intervenção da Assembleia Legislativa. 
 
Para o presidente do Sindsaúde, Caio Marin,  a aprovação deste projeto é uma carta branca que o Legislativo vai dar ao Executivo para sucatear o serviço público estadual. “Um tiro no pé. Estamos na iminência de voltar à época do Governo Bianco que mandou para a rua milhares de servidores”, lembrou. 
 
Caio defendeu ainda a discussão dessas reformas com os segmentos representativos do serviço público, bem como a diminuição dos cargos comissionados e a valorização do servidor. “De que adianta fazer tanta mudança, se o servidor não é valorizado? O servidor é o esteio do serviço público estadual e precisa ser valorizado”, finalizou. 
 
O Requerimento conjunto foi assinado pelos presidentes dos sindicatos da Saúde (Sindsaúde), Singepron (Agentes Penitenciários), Sinsepol (Policiais Civis), Sintec (Técnicos Tributários) e Sintraer (Agentes Administrativos).
 
OBS: A presente matéria foi postada no site TUDORONDONIA, podendo ser acessada por meio do link abaixo:
 
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.