LIDERANÇAS SINDICAIS DECIDEM SE LANÇAR PARA AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES GERAIS NO BRASIL

O ano em curso tem se revelado um período de anseio por grandes mudanças, principalmente na consciência sindical em geral.

Estima-se hoje, que 12% dos trabalhadores brasileiros sejam servidores públicos. Ou seja, de 100 milhões de trabalhadores, aproximadamente, 12 milhões são servidores. É um número considerável, e por isso já tardou muito a representação significativa desta importante categoria de trabalhadores no Congresso, nas Assembleias e nas Câmaras.

Cada vez mais, os líderes sindicais têm compreendido a importância de participar como protagonistas das decisões políticas do país. Diversas entidades de classe estão incentivando e dando apoio às suas lideranças para que se candidatem aos cargos eletivos das próximas eleições no Brasil. Entendendo que o serviço público como um todo está sendo atacado e desmontado, estas lideranças estão entrando nesta disputa para ajudar a melhorar a realidade do serviço público do país, bem como a valorização do servidor público como um todo. O serviço público gratuito e de qualidade é essencial para os brasileiros mais pobres, que só utilizam o SUS, as escolas públicas e os hospitais públicos. Defender o serviço público gratuito e de qualidade é defender o povo brasileiro.

Esperamos que os pré-candidatos tenham êxito em sua jornada, e que lutando por um serviço público de qualidade, tragam grandes melhorias para toda a sociedade brasileira.

POSTADO POR  · 12 DE JUNHO DE 2018.

Publicado em Destaques, Notícias.