Brasil segue com o pior retorno do imposto pago em prol do bem estar

Entre os 30 países com a maior carga tributária (arrecadação em relação ao PIB), o Brasil continua sendo o que proporciona o pior retorno dos valores arrecadados com impostos em prol do bem estar da sociedade, aponta estudo divulgado nesta quarta-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).

A lista foi feita com base na carga tributária de 2012, quando a arrecadação brasileira foi de R$ R$ 1,597 trilhão, 36,27% do Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 4,4 trilhões, diz o estudo.

De acordo com a pesquisa, os Estados Unidos, Austrália, Coréia do Sul e Irlanda são os países que melhor fazem aplicação dos tributos arrecadados, em termos de melhoria da qualidade de vida de seus cidadãos.

A Bélgica é um destaque e e subiu do 25º para o 8º lugar em relação ao ano anterior, diz o IBPT.

O Brasil fica atrás de países da América do Sul, como Uruguai (13º) e Argentina (24º).

Estudo

De acordo com o IBPT, o trabalho teve por objetivo mensurar os 30 países de mais elevada carga tributária e verificar se os valores arrecadados estariam retornando para a sociedade, através de serviços de qualidade, que viessem a gerar bem estar à população.

Foram usados dois parâmetros, a carga tributária e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.