SEFIN – Mais uma denúncia compromete atual gestão

A secretaria estadual de finanças de Rondônia volta as manchetes. Em decisão recente o Ministério Publico Estadual ingressou com uma ação Direta de Inconstitucionalidade para que os auditores fiscais da SEFIN parem de receber a participação na multa (percentual de 40% do valor da multa de cada Auto de Infração).
Graças a esse “prêmio”, eles conseguem ter remuneração liquida de R$ 21.000,00. Os Auditores Fiscais também recebem o CDS como verba indenizatória, o que permite que alguns servidores ganhem mais que o Governador.
Os servidores públicos que trabalham no TATE- Tribunal Administrativo de Tributos Estaduais, comandado pelo ex-secretário adjunto Vagner Luis (Bocão) são agraciados com o Jeton.
Agora a situação é ainda mais grave.
O Tribunal de Contas do Estado está investigando possível irregularidade no pagamento feito a um grupo de 35 Auditores Fiscais que, supostamente teriam pagado cada um, quarenta mil reais cada para ” empresa de consultoria” para receber valores sem os descontos legais devidos.
Em sendo comprovada a veracidade da denúncia, os crimes cometidos são os mais diversos: corrupção ativa, formação de quadrilha, etc. O montante arrecadado pela “empresa” pode chegar a R$ 1.400.000,00.

A população aguarda que a apuração seja feita com todo o rigor e imparcialidade que o caso requer e mais, que o MP e a PF acompanhem de perto o andamento das investigações. 

Leia Decisão 318/2012 – Diario Oficial Eletronico nº 299 – ano II do Tribunal de Contas de Rondônia:

http://www.tce.ro.gov.br/arquivos/Diario/Diario_00299_2012-10-16-13-14-48.pdf

 

SAIBA COMO FUNCIONA OS ESQUEMAS – CLIQUE AQUI

 http://www.rondoniaovivo.com/noticias/sefin-mais-uma-denuncia-compromete-atual-gestao/94347

 

Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.