SINDICATOS SE REÚNEM COM CHEFE DA CASA CIVIL PARA ANUNCIAR PARALISAÇÃO EM PROL DA TRANSPOSIÇÃO

Representantes sindicais das categorias dos servidores públicos do Governo de Rondônia estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira no auditório do SINTERO (sede social) situado às margens da BR-364 em Porto Velho para traçar ações estratégicas para realização conjunta do ato de protesto denominada “Dia Estadual de Paralisação do serviço público estadual” que acontecerá no próximo dia 23 de maio. O ato público democrático e pacífico tem a finalidade de sensibilizar o Governo Federal para o início do processo de transposição dos servidores estaduais para os quadros da União.
Em seguida os sindicalistas cumpriram audiência com o Chefe da Casa Civil, Dr. Juscelino Amaral, no intuito de comunicar oficialmente o Governo de Rondônia e pedir apoio para o sucesso do evento. Na oportunidade protocolaram requerimento assinado por todos os sindicalistas presentes, formalizando o pedido de apoio do governo, que consiste na liberação dos servidores que desejam participar do ato e terem seus pontos abonados, objetivando assim uma maior participação e o sucesso do ato. Por sua vez, o Secretário Chefe da Casa Civil, garantiu que levará ao conhecimento do Governador a solicitação dos Sindicatos, e pediu que os organizadores observem a seus filiados a necessidade de efetiva a participação dos servidores que aderirem o ato público, condição para que a ausência do recinto de trabalho seja afiançada pela Administração Estadual. Juscelino Amaral se comprometeu ainda em comunicar a todos os secretários de Estado, Policia Militar e demais órgãos para apoiar o manifesto.
Expedientes no mesmo teor foram protocolados no decorrer do dia na Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Policia Rodoviária Federal e outros órgão a fim de participar da deliberação dos sindicatos estaduais e pedir apoio.
Em Porto Velho os servidores estarão concentrados na Praça das Caixas D’água situada na Av. Carlos Gomes com Rua Rogério Weber, a partir das 08:00 horas da próxima quarta-feira, de onde partirão em ônibus fretados pelas entidades sindicais que os levarão até o ponto da BR-364 onde será realizado o ato público com o fechamento da BR 364 por 1 hora. Na ocasião, será oferecido um lanche para os participantes. Após o término do manifesto, os ônibus retornarão com os servidores para a Praça das Caixas D’Água. O ato de protesto ocorrerá concomitantemente nas localidades de Vilhena, Pimenta Bueno, Cacoal, Ji-Paraná, Jarú e Ariquemes.
Participaram da reunião na Casa Civil os Sindicatos SINSEPOL, SINTERO, SINDSAÚDE, SINTEC-RO, SINDAFISCO, SINTRAER, SINDUR, SINPEC, SINSDET, SINDERON, ASPRO, SINDLER, SINDPROF, SENGE, SINDICATO DOS ENFERMEIROS, SIMPORO e SINJUR.
 
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.