BOATARIA SOBRE PERDA DE DIREITOS E RELOTAÇÕES PREOCUPA SERVIDORES DA SEFIN

A diretoria do Sindicato dos Técnicos Tributários esteve reunida com o Coordenador-Geral da Receita Estadual na tarde da última quarta-feira (04/04/2012), AFTE Alessandro de Souza Pinto Scultetus, para discutir o clima de insegurança e de incertezas que se formou entre os servidores da Sefin em função de informações inverídicas que chegaram até eles no decorrer das duas últimas semanas.
Com base na boataria que circulou na capital e no interior, o Coordenador-Geral da Receita foi questionado por alguns servidores a respeito da possibilidade da Administração criar o cargo de “Agente Administrativo Tributário” para exercerem atividades administrativas, com salários mais vantajosos que aqueles atualmente pagos aos atuais servidores Administrativos, que parte destes seriam transpostos para o novo cargo, outros seriam relotados em outras Secretarias. Foi questionado também sobre possível intenção da atual Administração de extinguir o cargo de Técnico Tributário, diminuindo os salários dos atuais ocupantes do referido cargo; além do fato de que seriam colocados à disposição da Secretaria de Administração servidores considerados inservíveis no quadro de pessoal da Sefin.
No intuito de elucidar os fatos e por fim a esse clima ruim criado na Sefin, que causaram mal estar e desconforto para os gestores e servidores, gerando sentimentos de insatisfação, insegurança, desmotivação e abalos emocionais, o Coordenador da Receita esclareceu o seguinte:
1)      que não há estudo ou qualquer projeto para criar cargo de “Agente Administrativo Tributário”, nem para transpor qualquer servidor de nenhum cargo;
2)      que a Sefin não pretende devolver à Secretaria de Administração nenhum servidor administrativo;
3)      que jamais foi ventilada na Administração a intenção de extinguir o cargo de Técnico Tributário ou diminuir os seus salários ou de qualquer outro servidor;
4)      por fim, que os esforços da Administração são no sentido da valorização dos servidores e correção dos conflitos de competências existentes entre cargos, mediante a clara definição das atribuições de cada um, conforme matéria publicada na página da Sefin no dia 02 de abril do corrente ano.
Segundo o Coordenador, esse é o compromisso da Secretaria de Finanças e da Coordenadoria da Receita Estadual, de buscar a harmonia que deve imperar entre os servidores, motivando-os para o desempenho de um trabalho constante e prazeroso em que todos ganham, inclusive a Administração Pública, que terá de seus colaboradores o envolvimento necessário para o cumprimento de sua missão, que é o de arrecadar e dar condição ao governo do Estado prestar um ótimo serviço à nossa comunidade. (Veja a matéria postada na página da Sefin:
A diretoria do SINTEC espera ver concretizado o compromisso informado pelo Coordenador da Receita nos termos acima, visto que a categoria dos Técnicos Tributários e Auxiliares de Serviços Fiscais lutam há anos, por meio deste Sindicato, pelo reconhecimento de sua importância na estrutura da SEFIN e pela harmonia no ambiente de trabalho.
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.