PIDISE: Confúcio agradece deputados e diz que Rondônia resgatará dívidas históricas

Publicado em   (http://www.sejus.ro.gov.br)

Ao comemorar a aprovação do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica (Pidise) pela Assembléia Legislativa, o governador Confúcio Moura agradeceu na manhã desta quinta-feira (16) a sensibilidade e compreensão dos deputados estaduais e disse que a partir de agora o governo poderá resgatar dívidas históricas com a população rondoniense, principalmente com relação aos mais necessitados que foram esquecidos pelos governos ao longo dos anos.

Por meio do Pidise, o governo poderá investir R$ 542 milhões em 34 projetos simultâneos, nas áreas da educação, segurança, saúde, saneamento, agricultura, indústria, emprego e renda, habitação, modernização da gestão pública, turismo, cultura, desporto e lazer. O programa beneficiará mais de um milhão e meio de pessoas, nas áreas urbanas e rurais do Estado.

De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, Juscelino Amaral, por meio do Pidise o governo investirá nos 52 municípios de Rondônia, ligados as dez secretarias regionais. “O projeto foi aprovado da forma que foi enviado à Assembléia Legislativa e contemplará os seis eixos propostos. Ao longo da execução, se houver necessidade numa ou outra ação poderemos remanejar recursos”, disse.

Amaral também agradeceu ao apoio e a confiança no governo, manifestada pelos deputados e disse que não fosse os motivos de saúde, da deputada Glaucione Néri, que passou por cirurgia, e de viagem dos deputados Neodi Carlos e Marcelino Tenório, o placar seria de 24 votos favoráveis. “Os deputados entenderam os propósitos e a seriedade com que o governo trata a gestão pública”, agradeceu o chefe da Casa Civil.

O governador fez questão de tranqüilizar a população com relação a saúde financeira do Estado frente ao financiamento. “Em um ano pagamos mais de R$ 200 milhões em dívidas deixadas pelo governo anterior, estamos pagando parcelas de empréstimos contraídos também pelo nosso antecessor e temos vigor financeiro de sobra para efetuarmos o pagamento deste financiamento sem o menor risco de comprometer o caixa do estado com nossas outras obrigações fiscais. Ao final do meu governo o povo saberá avaliar o quão acertada foi a decisão dos deputados estaduais ao aprovar por unanimidade este projeto que não é meu, as do povo de Rondônia”, comemorou o governador.

Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.