ASSEMBLÉIA: CONFÚCIO PEDE PACTO PELA GOVERNANÇA

Publicada em 15/02/2012.
 
Um pacto pela governança e pelo bem de Rondônia. Este foi o clamor do governador Confúcio Moura aos deputados estaduais, em sua mensagem durante a sessão solene de reabertura do ano legislativo. O governador destacou as dificuldades do legislador, lembrou o início de sua trajetória política com três eleições consecutivas para a Câmara Federal, onde aprendeu, segundo ele, a ser “comedido e tranqüilo”. Depois ganhou mais duas eleições para prefeito de Ariquemes, que deram-lhe “maturidade para a gestão pública”.

O governador disse que Rondônia, aos 30 anos, é um Estado arrumado, com seus Poderes e instituições consolidados, porém  os serviços oferecidos a população ainda são lentos. Ele destacou como principal problema a saúde pública. Segundo ele, “o Estado não pode ficar na contramão da velocidade da iniciativa privada”.
O governador fez uma menção especial aos esforços que precisam ser empreendidos nos setores da educação e do social. Segundo dados por ele citados, “de cada 100 alunos que ingressam no ensino médio em Rondônia, 68 desistem no meio do caminho. Muitos destes desistentes vão parar nos presídios que estão abarrotados de jovens cujas idades variam dos 18 aos 24 anos”.
De acordo ainda com o governador, em meio a milhares de pessoas que enriqueceram em Rondônia, à margem cresceu uma horda de miseráveis que hoje chega ao número de 300 mil pessoas passando necessidades. “Não se ouviram os gritos das mães que tiveram seus filhos transformados pelo vício e pela dependência química, em seres não humanos”, observou o governo, afirmando que nos próximos dias estará enviando a Assembléia Legislativa o projeto de lei que cria a Secretaria da Promoção da Paz, que atenderá essa parcela de jovens que estão perdendo a vida para as drogas.
“Estão em nossas mãos a responsabilidade pelos desvalidos e o destino de nosso povo. Clamo hoje aqui por um pacto pela governança e pelo bem do Estado de Rondônia. Boa sorte a todos e vamos fazer um esforço gigantesco para promover uma imagem positiva do Estado”, conclamou.    

Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.