Transposição segue em ritmo normal, diz secretário

Publicado em

A transposição dos servidores estaduais para os quadros da União segue seu curso normal, conforme informou ontem, 25, ao governador Confúcio Moura, o secretário de Estado da Administração e presidente da Comissão Estadual de Transposição, Rui Vieira de Sousa.
 
Vieira esteve em Brasília no início desta semana, acompanhado dos assessores Mário Medeiros e Cícero Evangelista, coordenadores da comissão estadual, que estavam no DF desde a última semana acompanhando o andamento dos trabalhos, quando veio a falecer o secretário Nacional de Recursos Humanos, Duvanier Paiva Ferreira. O secretário foi também o emissário para levar os sentimentos do governador Confúcio Moura pela súbta morte do secretário Duvanier.
 
Vieira explicou que participou de reunião no Ministério do Planejamento, bem como junto à Comissão Interministerial, com o presidente Geraldo Nicoli, que afirmou que os trabalhos continuam na mesma sintonia que vinha ocorrendo anteriormente, no acompanhamento da elaboração  da instrução normativa que vai dar balizamento à continuação dos trabalhos.
 
De acordo com Vieira, Geraldo Nicoli garantiu que apesar da dedicação assídua do então secretário Duvanier ao processo da transposição, as questões técnicas seguem seus procedimentos normalmente conforme havia sido previsto anteriormente.   
O secretário disse ainda que, em Rondônia, as equipes da Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda
(SAMF) e da SEAD estão prontas para seqüenciar os procedimentos, aguardando somente as determinações da normativa.
 
Mesmo assim, de acordo com o secretário, os assessores da SEAD continuarão acompanhando a questão de perto em Brasília, onde também contam com o apoio assíduo da bancada federal e dos sindicalistas no acompanhamento do processo.
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.