SINTEC PARTICIPA DE REUNIÃO COM O DEPUTADO FEDERAL PAULINHO DA FORÇA SINDICAL EM BRASÍLIA

O Presidente e o Vice do SINTEC, Joy Luiz Monteiro da Silva e Eliseu Godoy Bueno, participaram na tarde da última segunda-feira (30/05) de reunião com o Deputado Federal Paulinho da Força Sindical (PDT-SP) juntamente com os representantes dos sindicatos SINDFAZ-DF, SINFFAZ-MG, SINDIRECEITA, SIFAM-AM, SINDICATO AFOCEFE-RS e SINDAF-AL.
Na ocasião, foram discutidos os assuntos de suma importância para nossa categoria, especialmente sobre a PEC 186/2007 e a Lei Orgânica do Fisco, projetos que podem representar problemas para a sociedade e para o Estado brasileiro.
Os sindicatos presentes expuseram suas preocupações ao nobre parlamentar, em especial o fato da proposta de lei orgânica representar instrumento de concentração de poder nas mãos dos Auditores Fiscais e exclusão funcional das demais categorias que hoje integram os fiscos federal e estaduais, a exemplo dos Técnicos Tributários do Estado de Rondônia. Além disso, os sindicalistas demonstraram a preocupação com as consequências dessa concentração de poder, que já reflete nas medidas que várias Secretarias de Fazenda já estão tomando, por meio de seus gestores que compõem o quadro de Auditores Fiscais, retirando tarefas dos Técnicos Fazendários, restringindo o acesso aos sistemas informatizados e modificando a estrutura de trabalho, muitas vezes prejudiciais ao crescimento da arrecadação dos entes tributantes.
O Deputado Paulinho da Força demonstrou preocupação com as informações apresentadas pelos sindicatos e se comprometeu em aprofundar nas discussões sobre o assunto juntamente com outros parlamentares.
Os sindicalistas agradeceram a atenção do representante da Força Sindical no Congresso Nacional e se colocaram à disposição do mesmo para avançar no debate sobre o assunto que tanto interessa aos servidores fazendários quanto à própria sociedade.
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.