SINDICATOS SE MOBILIZAM PELA ASSINATURA DE DILMA ROUSSEF NO DECRETO DA TRANSPOSIÇÃO

Vários sindicalistas ligados ao funcionalismo público estadual rondoniense estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira com o presidente da Assembléia Legislativa de Rondõnia, Valter Araújo (PTB), para definir as ações de mobilização dos servidores públicos em Brasília a fim de garantir a assinatura da presidente Dilma Roussef do decreto que regulamenta a transposição para os quadros federais.
 
“De forma democrática, os sindicalistas expuseram suas opiniões e ainda demonstraram apoio à bancada federal . Todos firmaram a idéia de que se for necessário acampar em frente aos Ministérios, todos irão. “Já não agüentamos mais essa cobrança diuturnamente, dos sindicalizados, reuniões e mais reuniões de autoridades para não dar em nada; precisamos de objetividade.” Disse Israel Borges, do Sinjur.
 
Demonstrando preocupação com o problema, o deputado Valter Araujo disse: “No que for preciso estarei – como sempre estive- ao lado dos Sindicatos e Associações em favor da transposição; penso que não existe mais nenhum impasse para a assinatura desse decreto, mas infelizmente o que falta é um pouco de boa vontade por parte de quem levantou essa bandeira.”
 
O grupo de sindicalistas, que trabalha pela transposição dos servidores do Ex-território de Rondônia aos quadros da União , voltou a se reunir também para iniciar a articulação de uma nova mobilização para cobrar agilidade no processo por parte da Presidência da República e do Ministério do Planejamento.
 
Na reunião, que aconteceu no auditório do SINJUR, em Porto Velho, os participantes deliberam por marcar Audiência com a Bancada Federal de Rondônia, para pedir explicações sobre a morosidade na criação da Comissão Executiva para transpor os servidores.
 
A ideia inicial acordada entre os sindicalistas é de formar uma nova caravana de servidores para seguir a Brasília em manifesto. No próximo dia 26 de junho, a comitiva deverá partir para o DF, onde ficarão acampados em frente ao Congresso Nacional, em mais uma mega mobilização pelo benefício já garantido na Emenda Constitucional 60 e na Lei nº 12.249.
 
“É necessário que todos os Sindicatos e Associações se mobilizem, pois quem não é visto não é lembrado.” Finalizou: Ada Dantas- presidente em exercício da ASSFAPOM.
 
Segundo o Presidente do SINTEC-RO, Joy Monteiro, que também esteve presente na reunião juntamente com o Vice-Presidente Eliseu Godoy, “Não há mais dúvidas sobre questões técnicas no texto da Minuta, portanto, não há razão para essa demora toda. Além da demora na publicação do decreto, os servidores interessados na transposição temem demora na publicação da Portaria que nomeará a Comissão Interministerial, que será o marco inicial da transposição, uma vez que começará o prazo de 6 meses para o servidor apresentar o termo de opção. Não podemos deixar a transposição cair no esquecimento, visto que além de ser um direito dos Servidores, representa economia de recursos na folha de pagamento do Estado de Rondônia”, frisou o sindicalista.
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.