SERVIDORES DA SEFIN CRUZARAM OS BRAÇOS NESTA ÚLTIMA QUARTA-FEIRA EM PROTESTO

Os Técnicos Tributários, Auditores Fiscais, Auxiliares de Serviços Fiscais e Administrativos paralisaram as atividades por três horas na última quarta-feira em protesto contra o descaso da Administração Fazendária com as reivindicações das categorias do fisco estadual.
 
As categorias reivindicam sobretudo melhores condições de trabalho e segurança no trabalho (principalmente nos postos fiscais), haja vista as péssimas condições a que estão submetidos na função de arrecadar e fiscalizar tributos estaduais, frente a visível deficiência da estrutura física dos postos fiscais e das unidades de atendimento, sem reformas, sem material básico para o trabalho e ambiente insalubre, em que os servidores ficam sujeitos a inúmeros riscos. Além disso, cobram agilidade na apuração do assassinato do Auditor Fiscal Armando Dalarte, ocorrida há quase dois anos, bem como o cumprimento dos acordos com as categorias, cujas discussões se estenderam por longos dois anos.
 
A paralisação atingiu 80% de adesão nas Agências de Rendas, Delegacias Regionais, CRE, TATE e demais unidades de atendimento da SEFIN. Nos postos fiscais, devido à intensificação da fiscalização, muitos caminhões tiveram que aguardar por horas pela liberação das cargas, o que gerou grande fila de caminhões a serem vistoriados, contudo, os próprios transportadores apoiaram o movimento, pois também entendem que as condições de trabalho precisam melhorar nos postos fiscais para que os caminhoneiros sejam atendidos em melhores condições.
 
Os Sindicatos informam que uma nova paralisação poderá ocorrer nos próximos dias caso persista o descaso da Administração com as reivindicações das categorias.
Publicado em Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.